You are currently viewing O que é a amamentação em tandem e como praticá-la

O que é a amamentação em tandem e como praticá-la

A amamentação em tandem é quando a mãe amamenta dois ou mais filhos com idades diferentes ao mesmo tempo. Confira o post e fique por dentro desse assunto!

Certamente você já ouviu falar de alguém que engravidou enquanto estava amamentando. Amamentar ao mesmo tempo dois filhos (ou mais!) com idades diferentes – a chamada amamentação em tandem – pode até parecer algo estranho, mas, na verdade, isso é bem normal, embora não seja tão comum.

Continue a leitura e saiba mais sobre a amamentação em tandem.

Saiba mais sobre a amamentação em tandem

Muitas mães ao descobrirem uma nova gestação se deparam com diversas transformações, tanto fisiológicas como psicológicas. Na maioria dos casos, o desmame do filho mais velho parece ser a melhor opção para tudo, mas, será?

Amamentar dois filhos em idades diferentes é perfeitamente normal, embora não seja uma prática muito comum aqui no Brasil. É por isso que muitas mães têm dúvidas de como funciona a amamentação em tandem, e como ficam as questões de nutrientes, por exemplo.

O bebê nasceu. E agora, de quem será o colostro?

De acordo com a Academia Americana de Pediatria, a mulher pode amamentar os dois filhos após o parto. No entanto, a orientação é para que o recém-nascido mame antes do filho mais velho.

A recomendação é essa porque o novo bebê tem maiores necessidades. Além disso, a criança mais velha pode ingerir outros tipos de alimento.

O filho mais velho pode ser alimentado com o colostro, porém, como a textura e sabor são diferentes, é provável que ele rejeite o leite materno nos primeiros dias depois do parto, voltando a solicitar o peito de novo depois disso.

Por outro lado, é muito importante que o recém-nascido seja amamentado com o colostro, que possui todos os nutrientes indispensáveis para uma nutrição completa do bebê desde as suas primeiras horas de vida.

Mesmo amamentando duas crianças, vou ter leite o suficiente?

O organismo materno consegue produzir a quantidade de leite necessária para alimentar as duas crianças. Mas, a amamentação tandem deve ser comunicada ao pediatra, para certificar-se sobre o desenvolvimento do recém-nascido e saber se ele está ganhando o peso e a altura adequados.

Portanto, a mulher que amamenta durante a gestação e que passa a amamentar as duas crianças após o nascimento do filho mais novo pode ficar tranquila, pois isso não é um problema.

Há casos em que o corpo da mãe não consegue produzir toda a quantidade necessária, tendo que complementar com leite artificial. Quando isso acontece e mesmo assim a mãe pretende continuar amamentando, existem maneiras de oferece o complemento sem que haja confusão de bicos.

Quando possível, a criança deve ser alimentada exclusivamente com leite materno até o seis meses de idade. Após esse período, mesmo com a introdução de outros alimentos na dieta do pequeno, é bastante benéfico que ele continue recebendo o leite materno até os dois anos. 

Amamentação tandem: alimento, atenção e amor

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, além da questão da nutrição e da imunidade que a amamentação envolve, existe ainda o fator psicológico, pois, com a chegada do bebê, pode ser que a criança mais velha passe a se sentir um pouco “carente”.

Isso é muito natural, afinal de contas ela está deixando de ser o centro das atenções. E essa sensação negativa será ainda mais forte se ela não puder mais ser amamentada.

Sendo assim, continuar amamentando o filho mais velho vai contribuir para criar nele emoções positivas com relação à mãe e ao irmãozinho que acabou de chegar. E, além disso, ele aprenderá desde cedo a noção de compartilhamento.

A amamentação em tandem é uma forma da mãe dar atenção aos dois filhos ao mesmo tempo e traz ainda outros benefícios:

  • amamentar duas crianças ao mesmo tempo pode ajudar a aliviar o ingurgitamento nos primeiros dias depois do parto;
  • o aumento da demanda vai aumentar a produção de leite, o que é benéfico para que as duas crianças tenham suprimento suficiente.

Por outro lado, é provável que a mãe se sinta mais cansada, afinal, amamentar duas crianças ao mesmo tempo não é fácil, mas é recompensador. Se este for o seu desejo, mantenha-se firme. Caso necessário, converse com um profissional para lhe orientar as melhores maneiras de fazer a amamentação em tandem. 

Uma consultora de amamentação é ótima para ajustar a pega do bebê recém-nascido, assim como também auxilia na posição das duas crianças na hora da mamada. Converse com seu pediatra para ele dar as melhores orientações nesse momento.

Amamentação em tandem não é regra, assim como também não é obrigatória. Se você não se sente à vontade ou mesmo não deseja fazê-la, respeite seus limites. Mas caso desejar, vá firme e seja muito feliz com sua escolha. 

 

Gostou deste conteúdo? No nosso blog você encontra outros conteúdos interessantes sobre amamentação

E se você está passando por uma situação assim, é fundamental que siga à risca as orientações do seu médico. Assim, você garante o seu bem estar durante a gestação e também a saúde dos seus filhos após o nascimento do bebê.

It also changes the way the body works. viagra online malaysia Health care providers are unaware of the exact cause of depression.

Deixe um comentário