You are currently viewing Alimentos e bebidas que podem causar vícios no bebê

Alimentos e bebidas que podem causar vícios no bebê

Vícios no bebê causados pela alimentação podem – e devem – ser evitados. Até os 2 anos de idade, os pais devem estar atentos ao que oferecem à dieta dos pequenos. Primeiramente, não se trata apenas dos riscos de afogamentos ou afins. Mas, sobretudo, para a formação do paladar. 

É que até os dois primeiros anos, no mínimo, os bebês desenvolvem as preferências pelos alimentos. Ao evitar algumas bebidas e alimentos você ajuda na saúde e melhor formação do pequeno. Aliás, os cuidados valem também para evitar doenças como irritação no sistema digestivo e sobrecarga nos rins, por exemplo. 

Confira a seguir quais alimentos e bebidas evitar nos primeiros anos de vida para não causar vícios no bebê. 

Evite vícios no bebê de até 1 ano

Além do cuidado com a ingestão, no primeiro aninho é ideal evitar os alimentos abaixo não apenas para não viciar o paladar do pequenino, como também causar doenças.

Mel

Por mais que pareça saudável, evitar o mel é evitar vícios no bebê. Não apenas por ser muito doce, mas também  por que pode conter a Clostridium botulinum. Essa bactéria tem toxinas que causam o botulismo, que traz dificuldades motoras ao bebê.

Outros cuidados, além de vícios no bebê

Apesar de serem viciantes para crianças, vale ressaltar cuidados com 2 tipos de alimentos no primeiro ano de vida: amendoim e frutos do mar. 

Os amendoins, e outras oleaginosas, têm potencial alergênico. Nozes, castanhas e pistaches, por exemplo, estão na mesma lista. Já os crustáceos e também o ovo têm risco de desenvolvimento de alergias. Por isso, enquanto a criança está em desenvolvimento, é melhor evitá-los. 

Evite vícios no bebê de até 2 anos

Esta é a fase determinante para a formação do paladar. Portanto, fique atenta para não causar vícios no bebê com os seguintes alimentos e bebidas.

Refrigerantes e sucos industrializados

A grande quantidade de açúcar dessas bebidas é o maior risco para causar vícios no bebê. Algumas delas, inclusive, contém cafeína que pode gerar agitação e prejudicar o sono. Além disso, fazem aumentar os gases e há risco de causar diabetes e obesidade infantil. 

Os sucos industrializados e aqueles em pó, ainda, são carregados de corantes, aromatizantes e conservantes. Estas substâncias também favorecem o surgimento de vícios em crianças. O melhor, neste caso, é oferecer suco natural, feito a partir da própria fruta e com água. 

Chocolate e doces

Em primeiro lugar, a questão de chocolate e doces é o açúcar, com alto risco de causar vícios no bebê. Pode interferir também no paladar e inibir o gosto por alimentos melhores e saudáveis. Essa restrição vale também para os achocolatados. Mesmo que os rótulos apontem que sejam enriquecidos com vitaminas e minerais, têm poder viciante também. 

Salgadinhos 

Da mesma forma são os salgadinhos. No entanto, são as gorduras, os corantes e os conservantes que têm poder viciante. Além disso, podem aumentar o risco de problemas de pressão alta com o passar do tempo.

Evite vícios no bebê durante a gestação

Durante a formação, alguns hábitos da mãe também podem causar vícios no bebê. De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, a cada hora nascem bebês com algum tipo de vício. O estudo foi realizado por 10 anos e divulgado em 2012. 

Os principais problemas eram pequenos viciados em remédios para dor. Por isso, não custa lembrar que, durante a gestação e a amamentação, as mães devem evitar o consumo de álcool e drogas, que além de fazerem mal à formação podem causar vícios no bebê. O mesmo vale para medicamentos, tome apenas com prescrição médica.

Deixe um comentário