You are currently viewing Com quantos meses o bebê engatinha? Guia completo para os pais!

Com quantos meses o bebê engatinha? Guia completo para os pais!

Sabemos que um dos momentos mais esperados e emocionantes para os pais é testemunhar os primeiros passos do bebê.

Por isso, a pergunta mais comum que os pais fazem é: com quantos meses o bebê engatinha?

Neste artigo, vamos mergulhar nesse assunto e fornecer informações sobre o desenvolvimento motor dos bebês, sinais de prontidão para engatinhar e como estimular esse marco importante no crescimento do seu pequeno.

Afinal, com quantos meses o bebê engatinha?

Afinal, com quantos meses o bebê engatinha?

Com quantos meses o bebê senta? Quando o bebê vai começar a falar? O bebê está pronto para engatinhar? Essas são dúvidas que todos os papais e mamães terão, principalmente os de primeira viagem.

O momento em que um bebê começa a engatinhar é especialmente aguardado por muitos pais, pois é uma das primeiras “independências” que o bebê conquista.

Além disso, nada mais apaixonante do que aquele serzinho engatinhando pra lá e pra cá, não é mesmo? Todavia, é crucial reconhecer que cada criança progride em seu próprio tempo.

No geral, os bebês iniciam o processo de engatinhar entre seis e dez meses de idade.

No entanto, é essencial compreender que essa é apenas uma estimativa e que o desenvolvimento varia de um bebê para outro.

Pensando no desenvolvimento individual de cada bebê, comparar a etapa que seu filho se encontra com o bebê de outra(s) família(s) pode levar a reações indesejadas, como ansiedade e frustração.

Mais do que saber com quantos meses o bebê engatinha, é essencial lembrarmos que cada criança é única, com suas próprias habilidades e cronograma de desenvolvimento.

Além disso, é comum que, de tempos em tempos, a criança se concentre no progresso de uma área específica, como habilidades motoras ou linguagem, em detrimento de outras.

Isso não significa que haja um problema de desenvolvimento, mas sim que o bebê está priorizando determinadas habilidades.

No longo prazo, é esperado que todas as áreas se equilibrem, e assim a criança alcançará marcos importantes em seu próprio tempo.

Portanto, é essencial valorizar e respeitar o ritmo de desenvolvimento único de cada bebê, proporcionando um ambiente amoroso e estimulante para seu crescimento saudável e feliz.

Descubra com quantos meses o bebê engatinha

O desenvolvimento motor na primeira infância

A primeira infância refere-se ao período inicial da vida de uma criança, que geralmente é definido desde o nascimento até os seis anos de idade.

É uma fase crítica e crucial do desenvolvimento humano, caracterizada por um rápido crescimento e aprendizado em várias áreas, incluindo física, cognitiva, social e emocional.

Essas habilidades começam a se desenvolver desde os primeiros dias de vida e progridem em uma sequência previsível, embora o ritmo de desenvolvimento possa variar de uma criança para outra.

Durante a primeira infância, as crianças passam por uma série de marcos importantes em seu desenvolvimento.

Isso inclui o desenvolvimento motor, um processo fundamental e complexo que engloba o aprimoramento das habilidades motoras básicas dos bebês e crianças pequenas.

Nos primeiros meses de vida, os bebês estão constantemente adquirindo e refinando suas habilidades motoras.

Eles começam com marcos motores simples, como movimentos reflexos involuntários, e avançam para conquistas mais complexas à medida que crescem e exploram o mundo ao seu redor.

Por exemplo, o bebê começa a desenvolver a capacidade de segurar a cabeça, inicialmente com apoio, e depois sozinho.

Esse marco é crucial, pois fortalece os músculos do pescoço e prepara o bebê para interagir com seu ambiente de forma mais independente.

À medida que o bebê cresce, ele progride para habilidades como rolar, sentar-se, engatinhar e, por fim, andar.

Cada uma dessas conquistas motoras não só reflete o desenvolvimento físico da criança, mas também tem um impacto significativo em seu desenvolvimento cognitivo, emocional e social.

Por exemplo, quando um bebê aprende a rolar, ele começa a entender conceitos espaciais e a explorar diferentes perspectivas do ambiente ao seu redor.

Da mesma forma, o ato de engatinhar não apenas fortalece os músculos e a coordenação, mas também estimula a curiosidade e a vontade de explorar.

Além disso, o desenvolvimento motor saudável está associado a melhorias na autoconfiança, autoestima e habilidades sociais da criança, pois ela se torna mais capaz de interagir com o mundo ao seu redor e de se engajar em atividades com seus pares.

Sinais de prontidão para o engatinhar

Antes mesmo de começar a engatinhar, os bebês passam por uma fase de preparação e demonstram alguns sinais de que estão prontos para começar a explorar o mundo.

Esses sinais de que o bebê vai engatinhar podem variar de uma criança para outra, mas existem alguns indicadores comuns que os pais e mães podem observar.

À medida que o bebê começa a adquirir algumas habilidades físicas e motoras é possível ver que está pronto para começar a engatinhar.

São sinais de que seu desenvolvimento motor está progredindo e que está se encaminhando para explorar o ambiente de forma mais ativa e independente.

Veja abaixo alguns sinais de prontidão para o engatinhar:

Fortalecimento do tronco

Antes de começar a engatinhar, os bebês geralmente desenvolvem força muscular no pescoço e costas.

Eles podem começar a levantar a cabeça e o peito quando estão de bruços e podem até mesmo tentar se empurrar para cima com os braços.

Movimentos de rastejar

Alguns bebês começam a fazer movimentos de rastejar ou arrastar-se antes de começarem a engatinhar propriamente dito.

Eles podem começar a mover-se para frente enquanto estão de bruços, usando os braços e as pernas de forma coordenada para se deslocar.

Experimentação com posições de engatinhar

Os bebês podem começar a experimentar diferentes posições que imitam o engatinhar. Eles podem ficar de quatro apoios, balançar para frente e para trás ou tentar mover-se para frente nessa posição.

Interesse em explorar

À medida que os bebês se aproximam do estágio de engatinhar, eles geralmente demonstram um maior interesse em explorar o ambiente ao seu redor.

Eles podem tentar alcançar brinquedos que estão fora de seu alcance, movendo-se de lado ou girando no local.

Apoio nos braços e pernas

Quando os bebês começam a engatinhar, geralmente usam seus braços e pernas de forma coordenada para se movimentar.

Eles podem apoiar-se nos joelhos e nas mãos, balançando-se para frente e para trás antes de começarem a se mover para frente.

Inquietação

Os bebês que estão prestes a engatinhar podem ficar mais inquietos e agitados. Eles podem se contorcer ou tentar se levantar quando estão de bruços, mostrando um desejo crescente de se mover.

Observar esses sinais pode ajudar os pais a identificar quando o bebê está pronto para começar a engatinhar.

Com quantos meses o bebê engatinha? Guia completo para os pais

Como estimular o bebê a engatinhar?

Agora que já sabemos com quantos meses o bebê (em média) engatinha, bem como os sinais de prontidão para essa grande empreitada, podemos perceber que engatinhar é um marco natural no desenvolvimento infantil.

Ou seja, assim como rolar, sentar, pegar objetos, o bebê vai começar a engatinhar naturalmente. Ainda assim, existem maneiras de estimular e apoiar seu bebê nesse processo emocionante.

Aqui estão algumas dicas para ajudar seu pequeno a dar os primeiros passos rumo à mobilidade independente:

Crie um espaço seguro

Garanta que o local onde o seu bebê passa tempo seja seguro e sem objetos que possam representar riscos.

Remova itens pequenos que possam ser engolidos e certifique-se de que os móveis estejam fixos e estáveis.

Utilize protetores em quinas pontiagudas e mantenha produtos químicos e objetos perigosos fora do alcance.

Ao criar esse ambiente seguro, você permite que seu bebê explore livremente, estimulando seu desenvolvimento sem o risco de acidentes.

Coloque brinquedos atrativos fora do alcance

Posicione brinquedos interessantes e coloridos fora do alcance do bebê (mas não muito longe) para incentivá-lo a se movimentar e alcançá-los.

Você pode até priorizar os brinquedos que ele tem mais apego, assim a vontade de chegar pode ser maior.

Use o seu corpo como estímulo

Assim como os brinquedos, você pode encorajar seu bebê a se mover colocando-se um pouco mais longe dele e incentivando-o a rastejar na sua direção.

Incentive com encorajamento verbal e visual

Use palavras de incentivo e sorrisos para motivar seu bebê enquanto ele tenta engatinhar. O estímulo visual, como aplausos e expressões de alegria, também pode ser eficaz.

Pratique o “tummy time” regularmente

Coloque o bebê de bruços várias vezes ao dia para ajudar a fortalecer os músculos do pescoço, ombros e braços, preparando-o para o movimento de engatinhar. Faça isso sempre com supervisão e em um ambiente seguro.

Mostre ao bebê como engatinhar

Às vezes, os bebês precisam de um exemplo para seguir. Mostre a ele como engatinhar movendo-se lentamente no chão e incentivando-o a imitá-lo.

Importante – não force

É essencial lembrar que cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo. Não force seu filho a engatinhar se ele não estiver pronto. Respeite o tempo e o progresso dele.

Quer descobrir mais sobre o desenvolvimento do seu bebê e encontrar os melhores produtos para acompanhá-lo nessa jornada?

Visite o blog da Bilila Baby e explore nosso conteúdo exclusivo sobre gravidez e cuidados com bebês!

Com quantos meses o bebê engatinha? Descubra os estímulos necessários

Conclusão

O momento em que o bebê começa a engatinhar é emocionante para pais e filhos. Seja com seis ou com dez meses, esse processo é muito gostoso de curtir em família.

Alguns bebês vão engatinhar por muito tempo e demorar a andar. Outros vão praticamente pular essa etapa e ir direto para os grandes passos e sair andando (ou correndo!).

É importante lembrar que cada criança é única e se desenvolve em seu próprio ritmo.

Observar os sinais de prontidão, criar um ambiente seguro e oferecer estímulo e apoio são fundamentais para ajudar seu bebê a alcançar esse marco importante no desenvolvimento motor.

Com paciência, amor e cuidado, seu pequeno estará engatinhando em direção a um mundo de novas descobertas e aventuras.

Se você está planejando já trocar o bercinho do seu bebê por uma cama, para que ele tenha mais espaço de desenvolvimento, confira as opções no nosso site, tudo o que você precisa para mobiliar e decorar o quarto do seu pequeno em um só lugar!

Soluções completas para o quarto do bebê

Deixe um comentário