You are currently viewing Cuidados com o bebê: como cuidar de um recém-nascido

Cuidados com o bebê: como cuidar de um recém-nascido

A chegada de um filho é um momento inesquecível e de grande emoção. Mas, como cuidar de um bebê recém-nascido, tão pequenininho e frágil? Confira as dicas!

O seu filho nasceu e acaba de chegar em casa vindo da maternidade. E agora, quais serão os cuidados com o bebê? Como cuidar bem de um serzinho tão pequeno, frágil e delicado?  As preocupações e as dúvidas são muitas e absolutamente normais, especialmente no caso das mamães de primeira viagem.

Cuidar de um recém-nascido é um desafio e palpites sobre como cuidar de um bebê não vão faltar, porém, os pais não devem dar atenção a tudo que ouvem. Leia o post e confira dicas realmente úteis para cuidar do seu pequeno depois da saída da maternidade! 

Como cuidar de um bebê recém-nascido

Acompanhe a seguir, dicas sobre amamentação, banho, higiene do cordão umbilical, troca de fraldas, alívio das cólicas e outros detalhes da rotina do bebê nos primeiros meses de vida.

Amamentação

As primeiras semanas da amamentação, em especial os primeiros dias, podem ser um período complicado, pois é uma fase de adaptação tanto para a mamãe quanto para o bebê. Até por volta do quarto dia, o peito produz o colostro, um líquido riquíssimo em nutrientes e anticorpos que protegem o bebê contra uma série de doenças.

Para aprender a sugar da maneira certa e estimular a produção de leite, é fundamental que o pequeno abocanhe bem a aréola do peito. Para isso, aproveite o reflexo que o recém-nascido tem quando “busca” o peito materno. Sempre que ele abrir bem a boquinha, demonstrando sinais de fome ou inquietação, ofereça o seio.

Na hora de amamentar, tente ficar em uma posição confortável, levando o bebê ao peito, e não o peito ao bebê. Deixe o pequeno mamar à vontade e quando sentir que a sua mama está mais leve, troque de lado. 

Depois que ele soltar o peito espontaneamente, coloque-o para arrotar. Na mamada seguinte, inicie pelo lado do peito em que o recém-nascido mamou por último ou que não mamou, caso tenha pegado só um lado. O leite materno deve ser exclusivo até o sexto mês de vida.

 

Alívio das cólicas

As temidas cólicas costumam aparecer por volta da terceira semana. Elas são normais, mas causam incômodo e isso fará o bebê chorar (muito!). Siga as dicas do pediatra, que poderá receitar algum medicamento caso julgue necessário. Até os 6 meses, as cólicas devem ter desaparecido completamente.

O que pode ajudar bastante a aliviar as dores são as bolsinhas térmicas, as massagens e colocar o bebê de bruços.

 

Troca de fraldas

Um bebê recém-nascido costuma fazer cocô cerca de oito vezes por dia. É isso mesmo que você acaba de ler! Mas não é preciso trocar as fraldas a cada vez que o pequeno faz xixi.

Ao fazer a troca, evite lenços umedecidos. Em alguns casos, eles podem causar irritação, pois a pele do bebê é muito sensível. Prefira algodão embebido em água morna para fazer a higiene do bumbum, lembrando que tanto meninos quanto meninas devem ser limpos da frente para trás. A limpeza deve ser feita de modo delicado e sem forçar o prepúcio dos meninos para baixo.

Consulte o pediatra sobre as pomadas para aplicar após cada troca de fralda.

 

Limpeza do coto umbilical 

O umbigo do recém-nascido cai por volta da segunda semana de vida. Enquanto isso, é necessário fazer uma boa higiene na região, usando álcool 70%. Isso pode ser feito a cada troca de fraldas. 

Lave muito bem as mãos antes de começar a limpeza do coto umbilical, pois o local é uma porta aberta para infecções. Fique atenta a qualquer alteração e continue com os cuidados após a queda do umbigo.

 

Banho

Na hora de banhar o pequeno, deixe à mão um kit de higiene, com tudo que irá precisar, mais toalha, fralda e roupinhas. A temperatura da água da banheira deve ser de 36 graus (nunca esqueça de conferir esse detalhe!) e se o dia estiver frio, também será preciso aquecer o ambiente.

No primeiro mês de vida, enquanto o bebê ainda é bem pequeninho, é aconselhável que ele seja enrolado em uma toalha e que a lavagem comece pela cabeça, que deve estar sempre bem apoiada. Depois, seque-a e lave o corpinho, com bastante delicadeza.

Nunca deixe o bebê sozinho, nem por um segundo, na banheira ou no trocador! 

 

Banhos de sol

É recomendado que os bebês tomem sol – no máximo 15 minutos por dia -, mas só depois da primeira ida ao pediatra. Deixe só as pernas do pequeno no sol, sempre antes das 10h ou após as 16h, quando a incidência de raios ultravioletas é menor.

 

Evite passeios nas primeiras semanas


No primeiro mês de vida nada de saídas. A exceção são as idas ao pediatra. Lugares barulhentos ou muito movimentados podem irritar o bebê e o contato com outras pessoas nesse início de vida pode oferecer riscos à saúde do pequeno. Agora, então, com a pandemia de coronavírus, evite a todo custo sair de casa com ele.

 

Posição para dormir

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) orienta que até o primeiro ano de vida, o bebê deve dormir de barriguinha para cima. Quando aprendem a se virar sozinhos, eles mesmos adotam a posição em que preferem dormir.

Espero ter ajudado você com as dicas de hoje! Agora que está aqui, confira outros conteúdos no nosso blog!

Deixe um comentário