You are currently viewing Afinal, o que levar na mala de maternidade da mamãe?

Afinal, o que levar na mala de maternidade da mamãe?

Se você está prestes a dar à luz, a mala da maternidade é um dos preparativos mais importantes a considerar.

Afinal, é onde você guardará tudo o que precisa para sua estadia no hospital ou na maternidade. Mas o que exatamente você deve levar na sua mala de maternidade?

Neste artigo, vamos abordar detalhadamente todos os itens essenciais que não podem faltar na sua bagagem, desde documentos importantes até cuidados pós-parto. Vamos lá!

Quando preparar a mala da maternidade?

Ao descobrir a gravidez, a mãe passa por diversos momentos que podem gerar ansiedade e estresse.

A preparação da mala de maternidade pode ser também um gerador desses sentimentos, principalmente se mal planejada e organizada.

Por isso, antes de entrarmos nos detalhes do que levar na mala da maternidade da mamãe, vamos falar sobre o momento ideal para prepará-la.

É aconselhável ter tudo pronto cerca de um mês antes da data prevista para o parto. Dessa forma, você estará preparada caso o bebê decida chegar mais cedo do que o esperado.

Lembrando que a compra dos itens que serão levados deve ocorrer ainda antes, para que haja tempo de lavar e preparar tudo certinho.

Além da mala de maternidade do bebê, também é importante não esquecer dos itens que a mamãe vai precisar no período que ficará no hospital.

Dessa forma, listamos os itens essenciais que vão ajudar no momento do parto e no pós-parto também, veja abaixo o que levar na mala de maternidade.

O que levar na mala de maternidade da mamãe?

Agora, vamos listar os itens essenciais que não podem faltar na sua mala:

Documentos pessoais e de saúde

Cartão do pré-natal, documentos de identificação, plano de saúde e qualquer outra papelada que o hospital possa exigir (consulte a sua maternidade antes).

Roupas confortáveis para antes e depois do parto:

Pijamas confortáveis, roupas íntimas confortáveis, chinelos e um roupão são essenciais para o seu conforto durante sua estadia.

Na hora de escolher as roupas, preze pelo conforto, mas lembre-se que poderá receber visitas.

Itens de higiene pessoal:

Escova de dentes, pasta de dentes, escova de cabelo, shampoo, condicionador, sabonete e qualquer outro item de higiene pessoal que você use regularmente.

Absorventes pós-parto:

Após o nascimento do bebê, é normal que as mulheres apresentem um sangramento bastante intenso por algumas semanas.

Os absorventes especiais para este período serão essenciais! Verifique se a maternidade que você ficará fornece, caso contrário, esteja preparada.

Vale lembrar que os absorventes internos neste período são contra-indicados devido ao risco aumentado de infecção.

Artigos de amamentação:

Sutiãs de amamentação, almofadas de seio, cremes para prevenir rachaduras e vazamentos são cruciais para tornar a amamentação mais confortável.

Produtos de cuidado com a pele e higiene:

Cremes hidratantes para o corpo, rosto e lábios, lenços umedecidos, entre outros, para manter sua pele e higiene em dia.

Lanche ou comida leve para consumo durante a estadia:

Ter alguns lanches saudáveis à mão pode ser útil, especialmente durante o trabalho de parto, se você não for optar pela cesariana e após o parto, quando você pode sentir fome.

Entretenimento:

Livros, revistas, música ou qualquer outra forma de entretenimento que você goste pode ajudar a passar o tempo durante sua estadia.

O que levar na mala de maternidade do bebê?

Assim como a mala de maternidade da mamãe, a mala do bebê pode gerar muitas dúvidas, você pode estar se perguntando quantas fraldas levar para a maternidade, se é necessário levar itens de higiene, quantos bodies levar etc.

Não se preocupe, listamos aqui os itens essenciais da mala de maternidade do bebê e uma sugestão de quantidade para cada item:

Bodies:

Recomenda-se levar cerca de 6 a 8 bodies. Isso permite que você tenha o suficiente para trocar o bebê conforme necessário, considerando possíveis vazamentos de fralda ou regurgitação.

Meias:

Leve cerca de 4 a 6 pares de meias para manter os pés do bebê aquecidos.

Gorrinho:

Um bebê recém-nascido pode precisar usar um gorro para manter a cabeça aquecida, especialmente se o clima estiver frio.

Um único gorro é geralmente suficiente, mas ter um segundo como reserva não faz mal.

Pijamas de pés fechados:

Recomenda-se ter de 4 a 6 pijamas de pés fechados para o bebê, garantindo que ele fique confortável e aquecido durante a estadia na maternidade.

Macacões de manga comprida:

Tenha de 4 a 6 macacões de manga comprida, pois são peças práticas e confortáveis para o bebê usar durante o dia e a noite.

Toalha pequena ou fralda de pano:

Uma ou duas toalhas pequenas ou fraldas de pano são suficientes para secar o bebê após o banho.

Cobertor ou manta com tecido adequado:

Leve pelo menos um cobertor ou manta para manter o bebê aquecido durante o transporte para casa.

Shampoo para recém-nascidos:

Um único frasco de shampoo para recém-nascidos é geralmente suficiente para os primeiros dias.

Sabonete líquido:

Um frasco de sabonete líquido para bebê deve ser o suficiente para a higiene do bebê durante a estadia na maternidade.

Roupinha para saída da maternidade:

Uma única roupinha especial para a saída da maternidade é necessária para vestir o bebê ao deixar o hospital ou maternidade.

Certifique-se de escolher uma roupinha adequada para o clima e confortável para o bebê.

Quais cuidados pós parto são essenciais com a mamãe?

Durante o período após o parto, também conhecido como puerpério, a mãe precisa de cuidados especiais para garantir sua recuperação física, emocional e mental.

Aqui estão alguns cuidados importantes que a mãe deve ter durante o puerpério:

Repouso:

É essencial que a mãe descanse o máximo possível durante o puerpério.

O corpo passou por um grande esforço durante o parto e precisa de tempo para se recuperar.

É importante evitar atividades extenuantes e priorizar o repouso sempre que possível.

Cuidados com a cicatriz ou pontos:

Se a mãe teve uma cesariana ou qualquer outro tipo de intervenção cirúrgica durante o parto, é importante seguir as instruções médicas para cuidar da cicatriz.

Manter a área limpa e seca e evitar movimentos bruscos que possam tensionar os pontos são medidas importantes.

Hidratação e nutrição:

Durante o puerpério, a mãe precisa de uma dieta nutritiva e hidratação adequada para promover a cicatrização e fornecer energia para lidar com as demandas da maternidade.

Beber bastante água e consumir alimentos ricos em nutrientes é fundamental.

Apoio emocional:

O período pós-parto pode ser emocionalmente desafiador para muitas mulheres. É importante que a mãe tenha apoio emocional de seu parceiro, familiares, amigos e profissionais de saúde.

Conversar sobre seus sentimentos, preocupações e medos pode ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade.

Cuidados com os seios:

Se a mãe estiver amamentando, é importante cuidar dos seios para evitar rachaduras, mastites e outras complicações.

Isso inclui garantir uma boa técnica de amamentação, manter os seios limpos e secos, e usar cremes ou pomadas recomendadas para ajudar na cicatrização.

Controle de sangramento:

Durante as primeiras semanas após o parto, é normal haver um sangramento vaginal chamado de lóquios.

A mãe deve usar absorventes adequados e evitar o uso de tampões. Se o sangramento for excessivo ou prolongado, é importante consultar um médico.

Cuidado com a saúde mental:

A depressão pós-parto é uma condição comum que pode afetar algumas mulheres após o parto.

É importante estar atento aos sinais de depressão pós-parto, como tristeza persistente, falta de interesse nas atividades diárias, mudanças de humor e dificuldade para dormir.

Se a mãe estiver enfrentando esses sintomas, é crucial buscar ajuda profissional.

Evite atividades pesadas:

Durante o puerpério, a mãe deve evitar atividades físicas extenuantes e levantamento de peso.

É importante permitir que o corpo se recupere adequadamente antes de retomar exercícios intensos ou atividades que possam sobrecarregar os músculos abdominais.

Esses são alguns dos cuidados fundamentais que a mãe precisa ter durante o pós-parto.

Cada mulher pode ter necessidades individuais, por isso é importante consultar um profissional de saúde para orientações específicas e personalizadas.

Conclusão

Agora que você já sabe o que levar na mala de maternidade da mamãe, lembre-se de fazê-lo com cuidado e antecedência.

Certifique-se de incluir todos os itens essenciais para você e seu bebê, e não se esqueça dos cuidados pós-parto.

Com tudo pronto, você estará mais tranquila para receber seu novo membro da família. Boa sorte e aproveite cada momento desse momento especial!

Temos também um ebook exclusivo para você saber tudo sobre o bebê (amamentação, introdução alimentar: Cadê o manual do bebê? Clique aqui para baixar!

Tudo para o quarto do seu bebê!

Deixe a Bilila Baby fazer parte desse momento mágico! Conheça nossos produtos exclusivos para o quartinho do seu bebê. Clique aqui e descubra a magia Bilila!

Deixe um comentário