You are currently viewing Quer saber como fazer CPF e RG para o bebê? Veja tudo que você precisa saber

Quer saber como fazer CPF e RG para o bebê? Veja tudo que você precisa saber

O CPF e o RG são documentos principais dos brasileiros. E seu brasileirinho ou brasileirinha também vai precisar deles. Quer saber como fazer o CPF e RG para o bebê? Então esse post é para você. 

Primeiramente, o CPF é a sigla para Cadastro de Pessoa Física, feito pela Receita Federal. Já o RG é a sigla para Registro Geral, geralmente pela Secretaria de Segurança Pública de cada estado. 

Antes de tudo, não tem idade mínima ou prazo para fazer CPF e RG para o bebê, ou mesmo para crianças. No entanto, é recomendado que seja feita assim que possível. Afinal de contas, não se sabe quando podem ser necessários, certo? 

Continue a leitura para saber como fazer CPF e RG para o bebê. A Bilila Baby explica como fazer para cada documento.

Como fazer o CPF para o bebê?  

Se você quer saber como fazer o CPF e RG para o bebê, o ideal é que, primeiramente, você faça o CPF. Sabe por quê? Dessa maneira, o número deste documento vai constar no RG do pequeno. Assim, não precisa levar os dois documentos ao levá-lo com você para os mais diferentes lugares – de modo semelhante ao que já faz com a sua carteira de motorista, por exemplo. 

Antes de tudo, é igual ao documento para adultos. Não há idade mínima para fazer o CPF. Além disso, com ele você pode fazer a carteirinha de saúde da sua cidade ou, ainda, começar um planejamento financeiro para o futuro do seu pequeno. 

Para fazer o CPF para o bebê, você pode solicitar de forma presencial em agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios. Contudo, há cobrança de taxa, em torno de R$ 7,00. Aliás, o atendimento leva cerca de 15 minutos e o número do documento sai na hora. 

Documentos necessários para fazer o CPF

De acordo com a Receita Federal, para cidadãos menores de 16 anos de idade, é preciso apenas: 

  • Certidão de nascimento original do bebê;
  • Documento de identificação oficial com foto do solicitante (um dos pais, tutor, ou responsável pela guarda); e
  • Documento que comprove tutela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, do incapaz.

E como fazer o RG para o bebê?

O próximo passo de como fazer CPF e RG para o bebê é o Registro Geral. Pode ser feito assim que o bebê nasce, poucos dias depois. No entanto, lembre-se, que é ideal fazer o CPF primeiro, certo? 

Fazer o RG depende de estado para estado e, em alguns casos, de cidade para cidade. Portanto, você deve se informar onde é feito o documento em seu município. 

No estado de São Paulo, por exemplo, são feitos em unidades do chamado Poupa Tempo, que oferece diversos serviços públicos. Em contrapartida, no Rio de Janeiro é feito no Detran e em Santa Catarina o responsável pela emissão do RG é o IGP (Instituto Geral de Perícias). Hoje, vários lugares fazem o agendamento pelo site. Enfim, nada como uma busca pela internet para saber o local, certo, mamãe? 

Além disso, saiba que você deve levar seu bebê para fazer o RG. Porque, certamente, no local serão colhidas suas impressões digitais. Aliás, em vez da assinatura, a impressão digital do pequeno estará neste primeiro RG dele. Sim, vai ficar uma fofura. Ainda, depois que a criança aprende a assinar o nome, é ideal que faça um novo. 

Documentos necessários para fazer o RG

Após identificar o local ideal para fazer o RG para o bebê na sua cidade, veja a seguir os documentos que você vai precisar. 

  • Certidão de nascimento original do bebê;
  • CPF do bebê (se já tiver feito);
  • 2 fotos 3 x 4 do bebê (em várias cidades, não é necessário, pois podem ser tiradas no mesmo local);
  • Documento com foto do responsável que levará o bebê.

Mamãe, agora você já sabe como fazer CPF e RG para o bebê? Quer mais informações úteis para você e para o seu bebê? Então confira mais posts no nosso blog

Deixe um comentário