You are currently viewing O que não fazer no primeiro mês do bebê: 5 erros mais comuns que você imagina

O que não fazer no primeiro mês do bebê: 5 erros mais comuns que você imagina

O primeiro mês do bebê é cheio de cuidados. Provavelmente, por conta disso, algumas mamães exagerem um pouco, o que pode atrapalhar o recém-nascido. Principalmente, as mães de primeira viagem. Mas, calma mamãe, esse post vai explicar o que não fazer no primeiro mês do bebê. 

  1. Colocar muitas roupinhas
  2. Estimular demais os sentidos do bebê
  3. Forçar uma rotina ao recém-nascido
  4. Atenção para o local do sono
  5. Passeios em espaços fechados

Outra questão, e que não consta na lista de o que não fazer no primeiro mês do bebê, diz respeito à amamentação. Alguns especialistas fazem algumas advertências quanto a quantidade de leite materno e a relação dela com refluxo ou regurgitação, por exemplo. Neste sentido, o ideal é sempre seguir as orientações do seu médico pediatra, ok?  

Confira a seguir 5 coisas para não fazer no primeiro mês do bebê. 

  1. Colocar muitas roupinhas

Este é um erro bem comum. Uma vez que a mamãe sabe que o recém-nascido perde calor nos primeiros dias, coloca luvas, gorro e muitos agasalhos para que mantenha a temperatura. Por outro lado, agasalhar demais é algo a não fazer no primeiro mês do bebê. Em suma, por medo que passe frio, aquece-o demais. 

Um sinal que o bebê passa muito calor são as brotoejas. Na hora do banho, os pais podem aproveitar para verificar. 

  1. Estimular demais os sentidos do bebê

Sem dúvida, muito comum entre as mamãe de primeira viagem, principalmente. Querer que aprenda coisas novas, que sorria, que enxergue itens ao seu redor, por exemplo, não faz bem ao recém-nascido. Isso porque demanda muito estímulo. No primeiro mês do bebê, quanto mais calmo e tranquilo, melhor. O estímulo da mãe deve ser nesse sentido: criar ambiente acolhedor e de sossego. Afinal, o pequenino está se adaptando ao mundo fora da barriga, não é mesmo? 

  1. Forçar uma rotina ao recém-nascido

Antes de tudo, a rotina depende do ritmo do bebê e da mãe. Não é bem-vindo horário rígido para a amamentação, de duas em duas horas, por exemplo. Dessa forma, o melhor é que você deixe livre. 

Se o pequeno demonstrar fome, basta oferecer o seio. Aliás, não é tão difícil identificar a vontade de se alimentar. O choro de fome não pára até que esteja satisfeito. 

Por outro lado, criar uma rotina pode ser bom, não é? Então, deixe isso para outras coisas. Por exemplo: o horário do banho e o horário do passeio. Que tal? 

  1. Atenção para o local do sono

Esse é quase um dilema sobre o que não fazer no primeiro mês do bebê. Afinal, a orientação é que o recém-nascido não fique sem supervisão durante o sono. Por outro lado, não deve dormir na cama dos pais – por mais que pareça facilitar a amamentação. Portanto, o que fazer? 

Dessa forma, o melhor é que durma no berço ou mesmo no carrinho no quarto dos pais próximo da cama. Assim, inclusive, conseguem perceber melhor os sons que emite do que se estivesse à distância. De maneira geral, o bebê pode dormir no mesmo ambiente por até 1 ano. Ou, ainda, por menos tempo se o casal contar com uma babá eletrônica. 

  1. Passeios em espaços fechados

Levar ao shopping, acompanhar o casal em restaurante ou mesmo à casa de algum amigo ou familiar está entre o que não fazer no primeiro mês do bebê. Principalmente, porque as doenças respiratórias ocorrem em ambientes fechados. Afinal de contas, neste momento, o pequenino ainda não desenvolveu imunidade, tampouco tomou todas as vacinas. 

Então, o melhor no primeiro mês do bebê é que os passeios sejam lugares abertos. Uma praça, um parque – pode ser do seu condomínio – ou mesmo em uma rua sem muito movimento são ótimas pedidas. 

Gostou desse conteúdo? Então, continue acompanhando nosso blog, repleto de informações importantes desde a gravidez até os primeiros anos de vida do seu filhote.

Deixe um comentário