You are currently viewing Como prevenir a anemia na gestação e seus principais sintomas

Como prevenir a anemia na gestação e seus principais sintomas

A anemia na gestação é mais comum do que se imagina. Porque por volta do segundo e terceiro mês de gravidez há redução da hemoglobina no sangue e da capacidade de transporte de oxigênio pela corrente sanguínea. Isso afeta diretamente não só a gestação, como também a formação do bebê.

De acordo com a OMS, a anemia é a condição na qual o conteúdo de hemoglobina no sangue está abaixo do normal como resultado da carência de um ou mais nutrientes essenciais, seja qual for a causa dessa deficiência. Em suma, não é apenas a deficiência de ferro, como dito popularmente. Ainda, é um estágio anterior à subnutrição.

A boa notícia é que a anemia na gestação pode ser tratada apenas com maior ingestão de alimentos, principalmente os ricos em ferro e vitamina B9, o ácido fólico. No entanto, você sabe que é melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

Portanto, confira a seguir como prevenir e também alguns sintomas.

Sintomas de anemia na gestação

Antes de tudo, a anemia durante a gravidez nem sempre é a ferropriva, de deficiência de ferro, embora seja a mais comum. Em princípio, a causa é a deficiência de nutrientes. Afinal de contas, a futura mãe precisa não apenas aumentar o consumo de alimentos, mas também dar preferência aos ricos em vitaminas e minerais.

Os sintomas mais característicos de anemia na gestação são:

  • Cansaço
  • Tontura
  • Dores de cabeça
  • Grande perda de força física
  • Muitas dores nas pernas
  • Falta de apetite
  • Pele pálida

Nos casos mais graves de anemia na gravidez pode acontecer, ainda, queda de cabelo. No entanto, além da percepção dos sintomas, a gestante deve manter as consultas médicas em dia. O médico pode vir a pedir exames de sangue para acompanhar se a nutrição está em dia e prever complicações.

Sem dúvida, a mulher deve fazer a sua parte e se prevenir. Em resumo, a prevenção é também uma forma de garantir que a alimentação mantenha em dia a saúde da mamãe e seu bebê.

Como prevenir a anemia na gestação

Primordialmente, a chave para a prevenção está na nutrição da grávida. E não quer dizer que seja apenas por meio das refeições. Pelo contrário, há suplementos alimentares para complementar a dieta e garantir uma gravidez saudável. Mas vamos por partes.

O que comer

Em suma: de tudo! Afinal, uma alimentação saudável dá conta da manutenção da saúde e afasta a chance de anemia na gestação. Ainda, oferece vitaminas, minerais e proteínas essenciais para mamãe e bebê em formação. Porém, deve ser dada alguma prioridade para fontes de ferro e ácido fólico, a vitamina B9.

Os alimentos ricos nestes nutrientes são: carnes, bife de fígado, feijão, espinafre, lentilha e couve. Em contrapartida, é muito bem-vindo que a ingestão destes alimentos seja acompanhada de vitamina C, porque aumenta a absorção do ferro, principalmente.

Então, que tal sucos de frutas durante a refeição ou mesmo a fruta crua como sobremesa? As melhores são: laranja, limão, abacaxi ou tangerina.

Como suplementar

Antes de tudo, há alguns cuidados indicados para a gestante em relação aos suplementos alimentares. Alguns são contra-indicados para gestantes, então, sempre consulte o obstetra para saber se pode fazer uso dos complementos, certo?

Os mais populares e que podem fazer parte da rotina saudável da mãe são os multivitamínicos. No entanto, não esqueça de verificar na tabela nutricional se contém ferro. Estes suplementos, de maneira geral, têm boa oferta dos mais variados nutrientes e, em cápsulas, são fáceis de ingerir.

Deixe um comentário