You are currently viewing Três meses de gestação: o que está acontecendo?

Três meses de gestação: o que está acontecendo?

Nesta fase da gravidez, a mamãe começa a ganhar peso e o bebê ouve os primeiros sons!

Ao completar o terceiro mês de gestação – período que vai de 9 semanas a 13 semanas e 2 dias -, também chega ao fim um período crítico e os riscos de um aborto espontâneo diminuem significativamente. Se você estava guardando segredo sobre a gravidez, chegou a hora de contar a feliz novidade! 

Continue a leitura e veja quais sintomas você terá neste terceiro mês e como está o desenvolvimento do bebê nessa fase!

 

Sintomas do terceiro mês de gestação

Uma boa notícia é que, a partir do final do terceiro mês, as náuseas diminuem e podem até desaparecer, assim como as desagradáveis tonturas.

Esse é o período em que você começa a ganhar peso. O normal nessa fase é engordar entre um e dois quilos, como resultado do crescimento do bebê e de outras transformações que ocorrem no corpo da mulher, como aumento da quantidade de sangue, líquido amniótico e reservas de gordura, entre outros.

Apesar do aumento de peso ser normal durante a gestação, é necessário cuidar para não engordar excessivamente, pois isso pode acarretar riscos à saúde da mãe e do bebê. O recomendado, de acordo com médicos, é que a gestante ganhe entre 8 e 13 quilos até o final da gravidez.

Pode parecer difícil, mas na maioria dos casos manter o peso ideal durante a gestação não é tão complicado assim. Para isso, basta seguir estas dicas: 

  • É natural que você coma mais durante a gestação, mas é preciso cuidado para não exagerar. Apesar de estar grávida, você não deve “comer por dois”. O ideal é que o consumo energético adicional seja de até 300 calorias por dia;
  • A cada consulta do pré-natal, você será pesada. O médico vai orientar você a não engordar mais do que um quilo por mês;
  • Evite ficar muito tempo sem comer. O mais indicado é alimentar-se de três em três horas, pois isso evita que você coma em excesso numa única refeição; 
  • Alimentar-se com mais frequência e em pequenas quantidades também ajuda a diminuir enjoos, caso você ainda esteja sofrendo com eles;
  • Beba bastante água. Além de hidratar, a água ajuda na eliminação de gorduras e no controle do peso;
  • Faça atividades físicas leves, pois elas ajudam a manter o peso. Mas nada de exercícios de impacto! Caminhadas são uma boa opção, mas converse sobre isso com o seu médico, pois há casos em que a gestante deve ficar quietinha.

 

O desenvolvimento do bebê no terceiro mês

Nessa fase da gestação, os bracinhos do bebê estão crescidos e ele já consegue flexionar os cotovelos! Os órgãos genitais já estão formados, embora ainda não dê para ver no exame de ultrassom. 

Caso você esteja ansiosa demais para saber se o seu filho é menino ou menina, pode optar por um exame de sexagem fetal – é um exame de sangue não incluso no acompanhamento pré-natal que pode ser feito a partir das 9 semanas. Se tiver um pouquinho mais de paciência, pode aguardar ultrassom por volta das 13 semanas. 

A placenta já se desenvolveu bastante e produz muitos hormônios. O crescimento do bebê se torna mais rápido. Todas as partes do corpinho crescem, assim como os dentes, unhas e cabelo. Os órgãos vitais já estão inteiramente formados.

A essa altura, o bebê reage se alguém mexer na sua barriga. O feto responde ao estímulo, mesmo que você ainda não sinta nada. 

 

A barriga de grávida começa a aparecer

Ocorrem diversas mudanças anatômicas e fisiológicas a cada novo mês de gestação. Ao final do primeiro trimestre, a sua barriguinha de grávida começa a aparecer e a tendência é que diminuam os sintomas como distúrbios gastrointestinais e náuseas, assim como a sensação de fadiga constante.

O seu batimento cardíaco acelera e esforços físicos podem causar falta de ar. A cavidade uterina e os seios continuam passando por uma transformação lenta, com as glândulas mamárias se preparando para a amamentação. Os seios ficam maiores e bastante sensíveis.

Nessa etapa da gravidez, a placenta já está totalmente formada, ligando a parede uterina e o cordão umbilical, através do qual o bebê recebe nutrientes. É possível que você comece a sentir os primeiros movimentos do bebê, embora seja mais comum que isso aconteça a partir do quarto mês de gestação.

Gostou de saber mais sobre esta fase da sua gravidez? Confira outros conteúdos interessantes no nosso blog e aproveite para curtir bastante a espera pelo seu bebê!

Siga a Bilila Baby no Instagram para se inspirar e receber dicas. Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades.

Deixe um comentário