You are currently viewing Saúde mental infantil: fique atenta e confira dicas para cuidar do seu filho, mamãe

Saúde mental infantil: fique atenta e confira dicas para cuidar do seu filho, mamãe

Cuidar da mente é tão importante quanto cuidar do corpo, não é mesmo? Isso não vale apenas para adultos. Nesse sentido, estão os cuidados com a saúde mental infantil, que ganhou importância, principalmente, nos últimos anos.

Diferentes estudos recentes demonstram que a saúde mental infantil é fundamental à boa formação de jovens e adultos saudáveis. A identificação de sinais que as coisas não vão bem na cabecinha dos pequenos é um avanço aos pais. Além disso, há também formas de melhorar a saúde mental dos pequenos no dia a dia.

Continue a leitura desse post especial do Blog da Bilila Baby para saber como ajudar o seu filhote, mamãe.

Importância da saúde mental infantil

Sem dúvida, cuidar da saúde mental infantil desde os primeiros passos do bebê é de grande valia. Afinal, são nos primeiros anos de formação que se constroem pilares que sustentam toda uma vida.

Dessa forma, situações adversas ao pequenino sucessivas e em longo prazo, por exemplo, podem atrapalhar seu desenvolvimento. Por outro lado, as adversidades têm seu valor na formação. Assim sendo, a preocupação dos pais deve ocorrer, principalmente, quando vierem a mudar o comportamento da criança.

Fique atenta aos sinais

Inegavelmente muitas crianças sentem dificuldade em expressar o que sentem. Isso se deve aos mais variados motivos, principalmente quando são mais novinhas. Assim sendo, os pais e pessoas próximas devem estar atentos a alguns sinais. São sintomas de que a saúde mental infantil não está das melhores.

  • Agressividade e irritação
  • Alteração no sono e/ou no apetite
  • Tristeza e timidez
  • Ficar nervoso facilmente
  • Relatar pesadelos com frequência
  • Desempenho escolar em queda
  • Não ter vontade de fazer as coisas que antes gostava

Às vezes pode ser apenas uma fase. Porém, se notar dois ou mais destes sinais simultaneamente, o mais indicado pode ser a ajuda profissional.

4 dicas para cuidar da saúde mental infantil

Escutar, acolher e dar suporte. Dessa maneira, não apenas os problemas são evitados, bem como há melhora na saúde mental infantil. A seguir você confere, mamãe, algumas dicas que vão ajudar nos cuidados com seu filhote.

Deixe se expressar

Quanto mais nova, mais difícil é transmitir seus sentimentos aos outros. A fala, certamente, não dá conta. Então, a criança se comunica por outros meios. Os pais precisam deixar que se expressem. Mas sem perder de vista o diálogo sobre as emoções do pequenino. Por isso, a conversa após uma atitude que não foi das melhores, só para ilustrar, tem valor.

Compartilhe o que acontece

Por mais que não entendam, crianças sentem o que acontece ao seu redor. Esconder fatos que impactam o dia a dia do lar, por exemplo, pode causar sentimentos de culpa ou solidão na criança. Portanto, em situações assim, os pais devem explicar o que ocorre. Sempre com cuidado e linguagem acessível. Além disso, devem estar abertos para responder eventuais perguntas dos filhos.

Evite sobrecarregar o pequeno

Escola, aula de inglês, de futebol, natação, deveres e um dia cheio de atividades. Ainda que, inegavelmente, sejam para o bem da criança, são obrigações. E, assim, afinal de contas, não há tempo livre.

Não esqueça que os adultos também reclamam disso em meio à correria do dia a dia, não é mesmo? Então, no meio da programação, vale a pena deixar um tempo livre para a criança. Tem grande importância para a saúde mental infantil.

Faça a criança se sentir parte

Nesse sentido, não basta o simples fato de se sentir cuidada. Afinal, o amor pode ser transmitido das mais diferentes maneiras. Assim, os pais devem tirar um tempinho para fazer atividades com os filhos. E são coisas simples: brincar, conversar, passear pelo bairro ou ler uma historinha. Isso reforça os vínculos de afeto e faz com que o pequeno sinta-se parte de um todo: o lar.

Caso as dicas não tenham resultado como esperado ou, ainda, que seu filho apresente alguns dos sinais de alerta, o ideal é entrar em contato com um profissional especializado em saúde mental infantil. Existem psicólogos e médicos especializados em crianças, em cuidar do que se passa na cabecinha dos pequenos.

Gostou desse conteúdo, mamãe? Cuidar da saúde mental infantil é mais fácil do que você imaginava, não é? Continue acompanhando o Blog da Bilila Baby para mais conteúdos especiais como este.

Deixe um comentário