You are currently viewing Entenda a importância do design ergonômico nos móveis infantis

Entenda a importância do design ergonômico nos móveis infantis

A cadeirinha em frente de uma mesa pequena é uma combinação linda diante de seus olhos, mamãe. Mas sabia que não é só fofura? O design ergonômico nos móveis infantis vai além da adaptação para que o seu bebê use e abuse dos artigos feitos só para ele. Móveis em escala reduzida também dão liberdade nos movimentos e precisam levar em conta a segurança.

Ainda, vão um pouco além disso. Os móveis infantis têm importância para ajudar na formação e desenvolvimento motor dos pequenos. Nesse sentido, a facilidade de uso e conforto contribuem de forma determinante para que cresçam saudáveis.

Que tal descobrir um pouco mais sobre o design ergonômico nos móveis infantis, hein? Continue a leitura, mamãe.

O que é design ergonômico?

Antes de tudo, a ergonomia é o nome que se dá para entender a relação das pessoas com algum artigo, como os móveis, por exemplo. Além disso, é a forma de desenvolvimento para que haja conforto e segurança de algum objeto que seja utilizado. Provavelmente você já ouviu este termo no ambiente de trabalho.

Não é à toa. O design ergonômico também encontra tal sentido nos móveis infantis. Afinal de contas, precisam ser confortáveis e seguros, não é mesmo? Por outro lado, especialmente aos pequenos, a ergonomia vai além. Saiba porquê.

Ergonomia nos móveis infantis

Os móveis precisam ser confortáveis e fáceis de serem usados. Isso influencia positivamente na formação saudável da criança. Afinal, se ela se sente bem, cresce com saúde, não é mesmo? Além disso, uma cadeirinha ergonômica contribui para o desenvolvimento psicomotor.

Tome como exemplo um cavalinho de madeira com balanço. É um simples cavalinho, com um visual clássico deste brinquedo. No entanto, a ergonomia – leia-se segurança e conforto – não fica de lado por conta do encosto no local do assento.

Nesse mesmo sentido estão as cadeirinhas. O assento é confortável, mas o melhor é o encosto. Maior e mais largo que cadeiras em escala real. Mais do que isso, cadeiras com design ergonômico reduzem a má postura e, também, dão segurança na mobilidade das crianças.

Design ergonômico também ajuda os pais

O design ergonômico nos móveis infantis é importante não apenas aos que são de uso exclusivo dos pequenos. A ergonomia também precisa estar em peças que facilitem a relação entre as crianças e os pais ou quem é responsável por cuidar delas. Quer um exemplo disso?

Já imaginou se o móvel que é utilizado para trocar fraldas fosse também em escala reduzida? A ergonomia também precisa se fazer presente para que uma tarefa como esta seja simples de ser executada e da forma mais fácil possível. Outro exemplo nesse sentido é a poltrona da amamentação. Afinal de contas precisa propiciar conforto para a mamãe e segurança para ambos.

Gostou desse conteúdo, futura mamãe? Você sabia que o Blog da Bilila Baby tem muitos outros posts que vão te ajudar na relação com o seu filhote? Confira mais dicas.

Deixe um comentário